segunda-feira, 18 de abril de 2011

Tríduo Pascal

Segundo o boletim Paróquia Viva, de 17/04/2011, em Santa Maria de Carreço, os actos religioso do Tríduo Pascal foram anunciados da seguinte maneira:

"Tríduo Pascal: Desde a próxima quinta-feira à tarde até domingo celebra-se, na Liturgia da Igreja, o Tríduo Pascal da Morte e Ressurreição do Senhor: Na quinta-feira santa à tarde celebra-se a Última Ceia do Senhor, às 18 h.; na sexta-feira santa celebra-se a Paixão e Morte do Senhor, às 18 h.; e no sábado santo à noite celebra-se a Vigília Pascal da Ressurreição do Senhor, às 20 h. São os dias mais importantes de todo o ano litúrgico. Participe!"
Como foi dito, são os dias mais importantes do ano litúrgico; inclusivamente aparecem em primeiro lugar na tabela dos dias litúrgicos, que define as prioridades das celebrações.

Na Quinta-Feira Santa celebra-se a Santa Missa da Última Ceia do Senhor e a Instituição da Eucaristia. Nalgumas igrejas é hábito fazer-se a cerimónia do Lava-Pés, como Cristo na Última Ceia. Neste dia, pelas 10 horas da manhã, na Sé Catedral o nosso Bispo, D. Anacleto, concelebra a Santa Missa Crismal com os sacerdotes da sua diocese, onde consagra os Santos Óleos, destinados ao Crisma. Os nossos sacerdotes renovam as suas promessas sacerdotais. Rezemos pois pelos nossos presbíteros, para que sejam sinal de Cristo na Terra.

Na Sexta-Feira Santa não há Santa Missa: é a celebração da Paixão e Morte do Senhor, o antigamente denominado Ofício de Trevas, dada a escuridão habitual nesta cerimónia. É um acto litúrgico cheio de sentimento e piedade, que se inicia com um minuto de silêncio, que recorda o momento da morte do Salvador. Este acto é composto por três partes: Liturgia da Palavra, Adoração da Cruz e Distribuição da Comunhão.

No Sábado Santo, também conhecido por Sábado Aleluia, celebra-se, depois do pôr do sol, a Vigília Pascal da Ressurreição do Senhor. É uma celebração muito complexa e cheia de significado. Ao canto do Glória, tocam os sinos - é a Ressurreição do Senhor, o auge de toda a liturgia. É uma Santa Missa muito intensa, que toca o coração de muitos. É, sem dúvida, um dever participar!

Sem comentários:

Enviar um comentário